IMPRENSA | Notícias |

Falta de Zona Azul em Florianópolis preocupa CDL da Capital

Contrato foi encerrado na última sexta-feira (13) e a fiscalização será por conta da Guarda Municipal

A Prefeitura Municipal de Florianópolis rescindiu na última sexta-feira (13) o contrato com a empresa que prestava o serviço de cobrança da Zona Azul na Capital. A CDL de Florianópolis vê com preocupação a medida, visto que o município não tem estrutura necessária para realizar a fiscalização de forma ampla e efetiva.

De acordo com o presidente da entidade, Ernesto Caponi, a falta do serviço compromete não só o comércio local, mas a mobilidade e a rotatividade das pessoas que se deslocam para o centro e bairros da Cidade.

“Milhares de pessoas frequentam o centro de Florianópolis diariamente para comprar no comércio, contratar serviços e usar serviços de saúde. Caso a rotatividade das vagas não seja fiscalizada de forma efetiva, comprometerá a vinda e a circulação das pessoas pelas ruas”, comenta Caponi.

É importante ressaltar que estamos a poucos meses das festividades de final de ano, assim como da temporada de verão, quando o município recebe turistas de todo o mundo.

“A CDL de Florianópolis espera por uma solução definitiva o mais rápido possível para que o problema não se agrave com o passar dos meses”, avalia Caponi.

Foto: CBN Diário|Divulgação.

Voltar