Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos, ainda, que atualizamos nossa Política de Privacidade.
CONTINUAR
IMPRENSA | Articulações Políticas |

Manifestação Bloco X

Bloco X: Entidades do Estado pedem adiamento da implementação de obrigatoriedade


A CDL de Florianópolis realizou nova mobilização em prol dos segmentos produtivos de Santa Catarina e, juntamente com 173 Entidades empresariais e Fóruns de todos os cantos do Estado, enviou no final desta sexta-feira (11) ao Governador do Estado, Carlos Moisés (PSL), ofício solicitando um novo adiamento para o início da obrigatoriedade de implementação do chamado Bloco X.

O Bloco X é um dos registros obrigatórios da escrituração contábil fiscal, integrada ao modelo em utilização em Santa Catarina para transmitir informações sobre os cupons fiscais emitidos por uma empresa (ECF).

Uma mobilização semelhante aconteceu no mês de março deste ano, quando a governadora interina Daniela Reinehr (sem partido), representava o Estado, no entanto, o prazo concedido não foi o suficiente, visto que permanecemos em período pandêmico e que é inviável submeter ao empregador ter que arcar com despesas adicionais para atualizar os softwares de emissão de cupons fiscais gerados por ECF, investir em meios de conectividade permanente desses sistemas para com a base de dados da SEF/SC, adquirir certificados digitais e uma série de condutas acessórias, porém indispensáveis para o seu fiel cumprimento.

Diante disso, e considerando o cenário econômico adverso decorrente da pandemia do novo coronavírus, as lideranças empresariais sustentam não ser o momento adequado para impor às empresas tais exigências, motivo pelo qual voltaram a solicitar ao Governador, o adiamento do início de vigência da transferência de dados referentes ao Bloco X para após o término do estado de calamidade pública atualmente em vigor para as ações de combate à pandemia.

Leia o ofício na íntegra: Clique aqui


Acompanhe a CDL nas redes sociais

Instagram: @cdlflorianopolis
Facebook: CDL Florianópolis

Voltar